18 julho 2009

Eek! The Cat


Eek the Cat (também conhecido nos EUA como Eek The Extravaganza) foi um desenho animado que fez sucesso aqui sendo exibido pela extinta TV Colosso. Criado por Savage Steve Holland e Bill Kopp foi exibido de 12 de setembro 1992 a 18 de setembro de 1997.

Eek era um gato de cor roxa que sempre usava o slogan "Ajudar não dói". Essa atitude o levava a confusões surreais de onde o seu humor é derivado. Alguns episódios que eu lembro era um de sua familía (dois irmão um menino e uma menina e a mãe) em que eles tinham que salvar eles de um coelinho psicopata e um que ele tinha que salvar sua namorada nem um pouco gorda Anabela de se afogar em sua piscina e um outro que ela é sequestrada por Alienígenas. Mas tudo com aquele humor que exagerava as coisas como no caso do episódio da psicina: no qual ele contava com a ajuda do Pato Jaque Le quack (uma referência sátira a Jaques Cousteau) e sua tripulação.

Alguns personagens:

Eek: O personagem principal, zeloso em por seus amigos em segurança principalmente seus donos: os Pirralhos JB, Wendy Elizabeth e a Mãe deles (que na série não dizia seu nome), além de sua namorada a "Magra" Anabella que é dona do super gentil e tranquilo totó Shark o cão tubarão XD.

Shark o cão tubarão: o mascotinho de Anabella, adora aprontar situações sádicas para Eek, algumas vezes essas situações são revertidas para ele. Aí em quem ele desconta: no pobre gato. Ah, quase todo episódio sua casa é destruida.

O Incrível Elmo: O alce que em alguns dos episódios tenta fazer uma façanha para salvar seu irmãozinho que sempre tem algum problema. Na verdade ele é um covardão, e sempre jogava a tal façanha para Eek resolver.

Os Ursinhos Sqeesh: Uma paródia dos Ursinhos Carinhosos. Fazem parte de um programa preferido dos pirralhos donos do Eek.

O Eek marcou época por mudar um pouco ou ousar o conceito de que o personagem principal tem que sempre se dar bem e com bom humor que algum momento chegava a ser negro (como Billy e Mandy fazem hoje em dia muito bem). Como era da fox fora exibido na emissora do Marinho e teve sorte de ser n vezes reprisado. Também passou no canal pago Fox Kids.

Posso dizer que Eek the Cat foi um marco para a mudança de postura da animação e talvez pra que pudessem ousar mais. Por isso está na minha lista de desenhos inésquecíveis.

Ah se bem me lembro tinha um desenho de Dinossauros que queriam exterminar dois humanos o rabugendo Bill e o estúpido Scooter. Não sei porque ao lembrar deles eu lembro do Lula Molusco e do Bob Esponja talvez por suas personalidades parecerem um pouco (se bem que o Scooter era insano como o Patrick do desenho do Bob).

Mais uma vez o link da wikipédia em inglês com uma info completa (usei mais como base desta vez): Aqui.


3 comentários:

Demiris Ikarus disse...

realmente era um desenho muito foda, mas se bem que a maioria dos desenhos do final dos 80 e inicio dos 90 são os melhores, porque se valorizava o roteiro e não a qualidade grafica! Eek era foda! Vc só esqueceu da namorada dele, aquela gata gorda pacas! Ela sim era medonha!

Diogo Aires (Dood) disse...

Ela é mencionada sim, como não esquecer dessa musa da beleza interior...

silas disse...

Graaaande Shark! haha
Adorava aquele cachorro tubarão.
Ele sempre me lembrava aquele papel do pai da moça, o "sogrão", que a gente vê muito nos filmes de comédia romântica.

Era fantástico Eek the cat.
Gostava muito daquele dueto entre as historinhas do gato e as historinhas dos homens da caverna vs. os dinossauros, que era uma ótima metáfora sobre as forças armadas, a ciência, as relações humanas...

E as situações eram todas muito engraçadas.
Eu me lembro sempre do parceiro do baixinho cientista, um cara magro e mal humorado, reclamando das invenções do amigo, reclamando de tudo. "Pra que que a gente vai usar uma roda?? Por que você nunca inventa alguma coisa que a gente possa comer??!" haha
E ele sempre inventava tudo. A escada rolante, o pára-quedas, o elevador... rs
Era hilário!

Como disse Demiris, os desenhos da transição 80/90 eram melhores em matéria de roteiro e nos cativar. E digo isso não por defesa da minha infância, mas por comparação. Hoje tem algumas coisas equiparáveis, mas dá saudade daquele tempo de TV Colosso, Rá-Tim-Bum, Castelo Rá-Tim-Bum, Glub Glub... os episódios do Homem-Aranha, X-Men, Capitão Planeta, Doug...
Aquilo era mesmo demais.

Já procurei muito, mas não acho nada do Eek em português. Só pedaços no Youtube. É uma coisa que eu lamento muito. Espero assitir isso de novo, um dia.

Muito bom esse post!