19 outubro 2016

Riquinho (Richie Rich) 1980


Olá pessoal: depois de muito tempo estou de volta com os posts sobre desenhos antigos. Resolvi hoje pegar do pouco tempo que me resta hoje para falar de um desenho de um personagem que não se importa em esbanjar, já que tempo e dinheiro tem de sobra: Riquinho.

No caso o que será tratado será a série animada de 1980 produzida pela Hannah Barbera que durou 4 temporadas em diversos blocos animados. O personagem é oriundo dos quadrinhos da Harvey Comics e teve sua estreia no gibi da Little Dot (conhecida como Brotoeja por aqui).

A série animada começou em Novembro de 1980 e foi até Setembro de 1984. Na verdade a série era feita de segmentos exibidos nos blocos Scooby Doo e o irritante Scooby Loo, posteriormente num bloco com Pac Man (o desenho da Hannah Barbera por aqui exibido na Globo e no SBT com o infame nome de comilão) e Little Rascals - Batutinhas - série não muito popular por aqui, porém o filme é bastante conhecido e sua última temporada foi em conjunto com a animação Monchichis (baseado numa linha de brinquedos homônima Japonesa).

Os Segmentos.

Basicamente eram 5 segmentos que a série tinha:

Richie Rich Richies: eram episódios que envolviam ameaças contra a família rico, mais especificamente o Riquinho.

Richie Rich Tresaure Chest: eram episódios envolvendo o cão Dollar e o mordomo Duarte.

Richie Rich Gems: Episódios onde predomina o humor.

Richie Rich Zillion Dollar Adventures: episódios onde o personagem enfrentava ameaças globais como aliens e terroristas.

A série tomou diversas liberdades comparado aos quadrinhos dentre elas podemos destacar:

Riquinho aparenta ser mais velho com idade entre 10 a 13 anos com uma camisa com um R gigante.

Glorinha aparenta ter a mesma idade de Riquinho.

O cachorro Dólar ganhou ar antropomórfico e costuma ter fantasias a lá Walter Mitty, similar ao Snoopy.

A empregada robô Sandra ganha grande participação na série, agindo como guarda costas nos episódios Zillion Dollar Adventures. Ela também tem o poder de se transformar em diversos objetos na série. E quando ela é chamada por Riquinho ela se converte em um jato e vai pra onde ele estiver.

No Brasil.


O primeiro contato que eu tive com o personagem foi na finada TV Manchete: lembro-me que ele era exibido junto com Carangos e Motocas e era comum nos intervalos ser exibido propagandas do gibi, porém não lembro do programa infantil que era exibido.

Posteriormente foi exibido no bloco de desenhos Cartoon Mania da CNT, porém eram exibidos poucos episódios e reprisavam pra caramba.

O que melhorou pra visualização na TV aberta foi quando o SBT fez o acordo com a Warner entre 1998, 1999. Ele era exibido em massa na programação da emissora principalmente como tapa buracos nas horas vagas entre as animações no Bom Dia e Cia, assim como no Sábado Animado. Somente nos blocos Sessão Desenho (e seu substituto Carrossel Animado). 


Em 2012 a Ediouro relançou o gibi do personagem.

Foi também lançado em 1994 um filme do personagem estrelado por Macaulay Culking que foi exibido exaustivamente pela emissora de Silvio Santos:


A Netflix lançou uma série do personagem em 2015 com 2 temporadas:


Nada mal a Irona (Sandra) da série pode falar....



Vamos ficar com a abertura e encerramento da série animada, prestem atenção no encerramento é praticamente uma versão do tema de Scooby Doo modificada. Se você reparar bem no desenho eles usaram muitas das BGMS da série do cachorro dinamarquês.

Encerramento 1:

Encerramento 2 (já não é tão plagiado):


Um comentário:

Daniel Jacarandá disse...

amei o post, e eu assisti as duas temporadas no netflix e são muito legais :)